Compete Ao Coordenador Estadual

De wiki2
Ir para: navegação, pesquisa
Coordenação Estadual

RESPONSABILIDADES DA COORDENAÇÃO ESTADUAL

A. Nomear o coordenador de núcleo com perfil;

B. Verificar se tem capacitadores suficientes em missão e gestão, para garantir a capacitação dos coordenadores de ramo e área no tempo previsto;

C. Prestar contas mensalmente dos recursos recebidos;

D. Buscar recursos locais para contratação dos coordenadores;

E. Apoiar os setores:

  • Na analise dos principais indicadores;
  • Tomando providências caso não estejam enviando as FABS;
  • Verificando como esta a relação com o Bispo;
  • Verificando a situação das as prestações de contas;
  • Visitando, ao menos uma vez ao ano, todos os setores;
  • Realizando as assembleias dos setores e tomando as devidas providências caso o Conselho Econômico não apresente o relatório dos recursos enviados pela Coordenação Nacional e gastos pela coordenação de setor, conforme regimento interno, Art. 65, inciso IV;
  • No fechamento das prestações de gastos e/ou devolução do saldo, no período de um mês após a ratificação do novo coordenador;
  • Acompanhando o cumprimento do contrato de trabalho dos seus respectivos setores, conforme resolução do Conselho Diretor, com as seguintes responsabilidades:
    • a. acompanhar o serviço e a disponibilidade do coordenador de setor;
    • b. atualizar da Carteira de Trabalho com vistas ao cumprimento desta resolução;
    • c. acompanhar o pagamento dos boletos do contrato e da formação de fundo de reserva.

F. Garantir três nomes viáveis para a assembleia dos setores;

G. Articular com as pastorais sociais, conselhos, movimentos, pastorais e autoridades públicas;

H. Realizar assembleia anual do estado;

I. Representar os setores do seu estado na assembleia nacional conforme estatuto e regimento interno;

J. Participar da Assembleia Regional de Pastoral.

K. Buscar e manter os multiplicadores das ações

L.Utilizar o Dicas " Ramos da Pastoral da Criança que não mostram sem sinal de vida: o que fazer?

Prioridades Estaduais: setores com menor pontuação no Estado

  • Visitar com maior frequência o setor prioritário – ovelha perdida, Lc 15, 1-7;
  • Intensificar a busca do apoio do Bispo;
  • Verificar os aspectos positivos do perfil do coordenador, buscando meios de completar os aspectos que faltam no perfil do mesmo;
  • Fazer o diagnóstico do setor a partir dos indicadores apresentados;
  • Elaborar o plano de ação dos indicadores priorizados;
  • Acompanhar e auxiliar na execução do plano.