Mudanças entre as edições de "Relatório Anual 2018"

De wiki2
Ir para: navegação, pesquisa
(Formação de coordenadores)
(Apresentações utilizadas na Assembleia Geral)
 
(39 revisões intermediárias por 4 usuários não estão sendo mostradas)
Linha 57: Linha 57:
 
=== Outras Ações de apoio ===
 
=== Outras Ações de apoio ===
 
[[Oficina de Formação Contínua Integrada (OFCI|Oficina de Formação Contínua Integrada]]
 
[[Oficina de Formação Contínua Integrada (OFCI|Oficina de Formação Contínua Integrada]]
 +
 +
[[Projeto Expansão 2018|Projeto Expansão]]
 +
 +
[[Museu da Vida 2018]]
  
 
=== Núcleo de Comunicação ===
 
=== Núcleo de Comunicação ===
 +
'''Comunicação da Pastoral da Criança'''
 +
 +
O Departamento de Comunicação da Coordenação Nacional tem, por objetivo, contribuir para que  a Pastoral da Criança continue a ser referência para a família no cuidado com a criança. A cada semana, a equipe contribui para a divulgação de um tema relacionado às crianças, gestantes e famílias – assunto que é discutido com os profissionais do departamento técnico e de suporte à gestão, e trabalhado nos diversos meios de comunicação da instituição.
 +
 +
As atribuições da equipe incluem: produção da Revista Pastoral da Criança e do programa de rádio Viva a Vida, site e mídias sociais, informativo semanal, assessoria de imprensa, desenvolvimento de materiais gráficos e contribuições para o Aplicativo Visita Domiciliar, baseado no Caderno do Líder.
 +
 +
A comunicação também colabora na elaboração de materiais educativos que são usados pelos líderes nas comunidades, na atualização e no desenvolvimento de campanhas, bem como na produção de materiais para o relacionamento com parceiros.
 +
 +
'''Revista Pastoral da Criança'''
 +
 +
A Revista Pastoral da Criança tem o objetivo de contribuir com a formação contínua individual e coletiva dos líderes da Pastoral da Criança, sendo uma referência de informação de qualidade e aprofundada, inclusive cientificamente. Trata de temas relacionados às gestantes, crianças e famílias, bem como das comunidades acompanhadas. É um material trimestral, com 32 páginas em cada edição e uma tiragem de 130 mil exemplares.
 +
 +
Até outubro de 2018, já tinham sido publicadas treze edições mais a edição especial sobre o Desenvolvimento Infantil, e a décima quarta estava em produção. Todas as edições da revista podem ser acessadas pelo site da Pastoral da Criança, nas versões em pdf e algumas em epub (transformação de um conteúdo informativo para formato digital, para ser lido no computador, celular ou tablet). Basta acessar o seguinte link: www.pastoraldacrianca.org.br/revista-pastoral-da-crianca
 +
 +
Desde o lançamento da primeira edição, foram recebidos comentários positivos por parte dos voluntários, e também sugestões. Pelo endereço de e-mail da revista, quase todos os dias chegam fotos e informações das comunidades. Todo este material é publicado no Espaço das Comunidades na internet (ec.pastoraldacrianca.org.br) e depois selecionado para a publicação impressa.
 +
 +
'''Programa de rádio “Viva a Vida”'''
 +
 +
Com duração de 15 minutos, o programa “Viva a Vida”, a cada semana, aborda um tema relacionado às crianças, gestantes e famílias – a partir de uma entrevista com um profissional da coordenação nacional ou um especialista convidado. Também inclui depoimentos e dramatizações que auxiliam na propagação de conhecimento e exemplos.
 +
 +
O “Viva a Vida” é produzido pela Pastoral da Criança e pode ser reproduzido em qualquer rádio. Sua distribuição é feita a partir do cadastro de rádios parceiras, com a intenção de chegar à população de todos os Estados. Também está disponível para quem quiser ouvir através do site: www.pastoraldacrianca.org.br/radio.
 +
 +
Mensalmente, durante as capacitações de novos coordenadores e padres assessores, realizadas na sede da Coordenação Nacional, o Departamento de Comunicação também possui um horário para falar de suas atividades, entre elas o cadastro de rádios para divulgação do Viva a Vida - atividade que pode contar com a ajuda dos voluntários.
 +
 +
De setembro de 2017 até outubro de 2018, teve continuidade o contato com as rádios para realização do recadastramento, principalmente por meio de ligações via Skype. Também foram feitas mais pesquisas com o intuito de buscar novas rádios para incluir na lista de parcerias. Neste período, cerca de 800 rádios tiveram suas fichas atualizadas e mais de 87 foram cadastradas pela primeira vez. Atualmente, pelo Sistema de Informação da Pastoral da Criança, há 1.411 rádios ativas.
 +
 +
Emissoras que transmitem o programa:
 +
{| class="wikitable"
 +
|Emissoras que transmitem o programa
 +
|
 +
|
 +
|-
 +
|Tipos de rádios
 +
|Rádio Comercial
 +
|449
 +
|-
 +
|
 +
|Rádio Comunitária
 +
|829
 +
|-
 +
|
 +
|Alto Falante
 +
|84
 +
|-
 +
|
 +
|Sistema de Som
 +
|1
 +
|-
 +
|
 +
|Rádio Web
 +
|31
 +
|-
 +
|
 +
|Rádio Educativa
 +
|17
 +
|-
 +
|
 +
|'''Total'''
 +
|'''1.411'''
 +
|-
 +
|Downloads do programa pelo site: <nowiki>https://www.pastoraldacrianca.org.br/radio</nowiki>
 +
|
 +
|
 +
|}
 +
<nowiki>*</nowiki>Além destas rádios cadastradas no Sistema de Informação, há aquelas que entram em “pool” de transmissão com as redes nacionais e outras que fazem o download dos programas e demais materiais sonoros diretamente do site da Pastoral da Criança. No último ano, a aquisição de um novo componente para o site permitiu que se iniciasse a contagem desses downloads, para ajudar na avaliação dos temas mais populares.
 +
 +
Vale lembrar que as emissoras católicas ligadas a redes integradas de transmissão representam um grande apoio na distribuição do Viva a Vida, potencializando a divulgação. Um exemplo é a Evangelizar é Preciso, que disponibiliza o conteúdo do programa Viva a Vida para todas as rádios que veiculam programas da sua Rede.
 +
 +
'''Site'''
 +
 +
Meio de referência para chegar a um público mais abrangente, o site da Pastoral da Criança (www.pastoraldacrianca.org.br) concentra informações institucionais, notícias, materiais para o voluntariado e os temas semanais. Fornece mais informações para dar suporte ao trabalho dos líderes e também orientações para o público em geral, que pode se beneficiar dos conteúdos relacionados às gestantes, crianças, famílias e campanhas. Além disso, registra parcerias e iniciativas apoiadas pela instituição.
 +
 +
No último ano, teve continuidade o trabalho realizado junto ao Google AdWords – sistema pelo qual é possível inserir anúncios e impulsionar os resultados de determinadas palavras-chave na busca do Google. Mensalmente, a Pastoral da Criança tem à disposição, gratuitamente, o valor de 10 mil dólares para utilizar estrategicamente nestas buscas patrocinadas. Esse recurso ajuda a aumentar o número de acessos de páginas selecionadas do site e trazer novos visitantes, fortalecendo a imagem da Pastoral da Criança como referência para os temas sobre gestação e primeira infância. Durante o período considerado neste relatório, os resultados foram analisados, novas palavras e expressões foram incluídas e outras foram substituídas. A partir de outubro de 2018, a Agência Master assumiu o processo e passou a gerenciar esse projeto de forma gratuita para a Pastoral da Criança.
 +
 +
'''Mídias sociais'''
 +
 +
A utilização das mídias sociais colabora com o aumento da interação social entre os usuários e o compartilhamento de informações da Pastoral da Criança. A página do Facebook atingiu a marca de 160.721 seguidores, com um alcance diário de 30 mil nas publicações. Todo o conteúdo é desenvolvido pelo Departamento de Comunicação.
 +
 +
Semanalmente, o canal do Youtube é alimentado com a publicação das mensagens da coordenadora nacional, Irmã Veneranda Alencar. Quando há novos vídeos referentes a campanhas e depoimentos vindos das comunidades, esses conteúdos também ajudam a complementar o canal.
 +
 +
Por conta da divulgação dos canais de contato em todas as edições da revista, houve um crescimento nas mensagens enviadas pelo WhatsApp do Departamento de Comunicação, facilitando o compartilhamento de informações e materiais, de maneira mais ágil.
 +
 +
Facebook: www.facebook.com/pastoraldacrianca
 +
 +
Canal do Youtube: <nowiki>http://pastoraldacrianca.org.br/pt/youtube</nowiki>
 +
 +
WhatsApp: (41) 99237-8570
 +
 +
'''Assessoria de imprensa'''
 +
 +
A partir do envio frequente de sugestões de pauta e do atendimento ágil às demandas espontâneas de jornalistas que procuram a Coordenação Nacional, a assessoria de imprensa contribui para o fortalecimento da imagem da Pastoral da Criança e de sua missão, tornando cada vez mais conhecido o trabalho realizado pelos voluntários e profissionais da instituição. Considerando apenas as publicações que tiveram a colaboração do Departamento de Comunicação, no fornecimento de informações e entrevistados, chegou-se à marca de 1.067 inserções na mídia (veículos impressos, rádios, televisões e internet).
 +
 +
A fim de fortalecer a rede, foi realizado, no dia 07 de março de 2018, em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, um encontro com jornalistas que atuam na causa da Primeira Infância para discutir formas de parceria e atuação conjunta entre a imprensa e a Pastoral da Criança. Os jornalistas, vindos de diversos veículos nacionais, conheceram um pouco mais sobre o trabalho da Pastoral da Criança, visitaram o Museu da Vida e participaram da abertura da exposição temporária baseada na Campanha da Fraternidade de 2018 - “Nós somos todos irmãos”. Também acompanharam a mesa redonda “Fortalecendo as Famílias para Adotar Valores e Nutrir a Espiritualidade na Primeira Infância para a Prevenção da Violência Contra as Crianças”, com a participação da Arigatou International/Geneva, GNRC, Pastoral da Criança, CNBB e representantes de governos estadual e municipais da região metropolitana de Curitiba, universidades e sociedades científicas, entre outros, que aconteceu no mesmo dia.
 +
 +
Também com o objetivo de expandir a rede de comunicadores - e capacitar em Pastoral da Criança Comunicadores Católicos que atuam nos Regionais da CNBB, algumas Arquidioceses e Dioceses pobres do Brasil, nos dias 15 e 16 de agosto de 2018, aconteceu o Encontro de Comunicadores Católicos 2018, na sede do Museu da Vida, em Curitiba. Estavam presentes 37 comunicadores e as principais pautas do encontro foram a importância dos primeiros 1000 DIAS, o aplicativo Visita Domiciliar, as estratégias de comunicação para engajar novos líderes e as ações e desafios da Pastoral da Criança.
 +
 +
O ano foi de muitas pautas e divulgações na Imprensa. Além das datas comemorativas relacionadas aos temas trabalhados pela instituição, às abertura de novas exposições do Museu da Vida também passaram a ser assuntos de destaque na mídia. A inauguração da exposição “Nós somos todos irmãos”, da nova “Rua do Brincar”, “Saneamento: o básico que salva vidas” e “Pastoral da Criança em Ação”, foram sugestão de pauta.
 +
 +
Outros temas de destaque que contaram com o posicionamento da Pastoral da Criança na mídia foram: a visita de candidatos a Governador do Estado do Paraná e à Presidente; dados novos sobre a Mortalidade Infantil; 35 Anos da Pastoral da Criança; Saneamento Básico entre outros. Outro acontecimento importante foi o fato do aplicativo Visita Domiciliar ganhar o prêmio Dom Luciano Mendes de Almeida, na edição dos Prêmios de Comunicação da CNBB 2018.
 +
 +
'''Informativo Semanal'''
 +
 +
O Departamento de Comunicação manteve neste período de 2017 para 2018, o envio por e-mail do informativo semanal, com uma chamada para o tema trabalhado naqueles dias e outros links para notícias e conteúdos do site. Atualmente, a lista de envio já conta com cerca de 40 mil contatos (incluindo pessoas ligadas à Pastoral da Criança, parceiros e interessados que se inscreveram pelo site) - e um aumento de 25% em relação ao total de contatos do ano anterior.
 +
 +
Em setembro de 2018, o Tema Semanal também começou a ser enviado via notificação para todos os usuários do Aplicativo Visita Domiciliar.
 +
 +
'''Comunicação do Museu da Vida'''
 +
 +
O Núcleo de Comunicação da Pastoral da Criança também dá suporte para a divulgação do Museu da Vida. Além das sugestões de pauta enviadas à imprensa e notícias publicadas no site, também são elaborados os conteúdos do “Vamos brincar no Museu da Vida”, atividade que acontece no último domingo de cada mês. Até outubro de 2018, a página (www.facebook.com/museudavidacuritiba) já tinha atingido 7.410 seguidores.
 +
 +
Outro aspecto importante é que, neste ano, o Museu continuou sendo um importante cenário para entrevistas dos especialistas da Pastoral da Criança, inclusive com a realização de um link ao vivo para a Rede Globo/RPC, de uma entrevista concedida pelo  Dr. Nelson Arns Neumann, Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, sobre mortalidade infantil.
 +
 +
'''Materiais gráficos e digitais'''
 +
 +
Em parceria com profissionais de outros setores, o Departamento de Comunicação colaborou para o aprimoramento do App Visita Domiciliar. Para tornar a visita domiciliar ainda mais instrutiva e interativa, estão sendo desenvolvidos pequenos vídeos sobre os Indicadores de Oportunidades e Conquistas que serão disponibilizados via Aplicativo.
 +
 +
Para a campanha dos “Pequenos Reis Magos”, foram criados novos materiais de campanha e de comunicação - santinho, cartaz, vídeo etc; e também foi desenvolvido um novo site para melhorar a comunicação com os coordenadores, catequistas e paróquias participantes.
 +
 +
Esses trabalhos somaram-se às demandas rotineiras relacionadas à atualização dos materiais educativos da Pastoral da Criança e da Pastoral da Criança Internacional, como: correção e elaboração de arquivos de Dicas, banners, ilustrações, cartelas de orientações do Acompanhamento Nutricional, Calendário Anual, fichas para a campanha de doação pela conta de energia elétrica, Caderno do Líder, FABS, Laços de Amor e outros materiais de apoio à missão dos voluntários. O Museu da Vida também gera demanda de materiais gráficos (tanto impressos, quanto para internet), como cartazes, banners, folder, painel sobre parceiros etc.
 +
 +
Outro ponto importante deste período foi a continuidade da Revista Pastoral da Criança, a partir do projeto editorial apresentado no ano de 2015,  incluindo a criação de infográficos para as reportagens especiais e outros textos, conforme as características das informações.
  
 
=== Formação de coordenadores ===
 
=== Formação de coordenadores ===
 +
Capacitação de Coordenadores de Ramo e Área
 +
 
Para assumir a sua missão na Pastoral da Criança, o Coordenador de Ramo deverá ser eleito pela Assembleia formada pelos Coordenadores de Comunidade e/ou Líderes e seu mandato terá a duração de dois anos. Este novo coordenador deverá receber a capacitação em até 60 dias após a data de sua ratificação.
 
Para assumir a sua missão na Pastoral da Criança, o Coordenador de Ramo deverá ser eleito pela Assembleia formada pelos Coordenadores de Comunidade e/ou Líderes e seu mandato terá a duração de dois anos. Este novo coordenador deverá receber a capacitação em até 60 dias após a data de sua ratificação.
  
Linha 67: Linha 194:
 
Os Coordenadores de Setor são responsáveis pelas assembleias eletivas dos Coordenadores de Ramos, devendo planejar estas assembleias e manter os cadastros dos ramos atualizados no Sistema de Informação da Pastoral da Criança.
 
Os Coordenadores de Setor são responsáveis pelas assembleias eletivas dos Coordenadores de Ramos, devendo planejar estas assembleias e manter os cadastros dos ramos atualizados no Sistema de Informação da Pastoral da Criança.
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/jLtKz7C4QrG3qsy_-hU45Q Capacitação de Ramos e Áreas]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/cfW83olZRHi3upnBG9lrAA Ramos Brasil]
 +
 
 +
Na tabela abaixo podemos observar que 18,8% dos ramos ativos a nível de Brasil, estão com mandato vencido. O estado com maior percentual neste indicador é a Paraíba, com 38,5%.
 +
 
 +
Em relação a capacitação destes ramos, temos 6.327 ativos, destes 1.046 não receberam a capacitação de Missão do Coordenador da Pastoral da Criança (P118), ou seja, 16,5%. Ressaltamos que um Coordenador de Ramo capacitado com antecedência terá mais segurança e possibilidade de corresponder aos resultados esperados no desenvolvimento de sua missão.
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/UEfPl3HKS8amvYRjvMDc8Q Capacitação de Ramos e Áreas]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/tMM7m00FQTaAr3pmj0kChg Mandatos Acre 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/-Jh4f1VlQQiPCEYzjjJL4w Mandatos Alagoas 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Cg56-RqeRSS-f3GKpiQMiA Mandatos Amapá 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/RTSuC7LHSF6vf2LJLVwpXQ Mandatos Amazonas 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/DcVvoVM4Rh6CWMkIaOsqSw Mandatos Bahia 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/MD43RzXrQ5agMaA2Eq0_AA Mandatos Ramos São Paulo]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/1SPTc6mwRCajpHUFYG1hGg Mandatos Ceará 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/72qsSGOcR3ua5bAFh3VkrA Mandatos dos Ramos São Paulo]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Mvr969riRlGFC-hpFH550w Mandatos Distrito Federal 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/grduB7jhRnOUG4omftmhZg Mandato Acre]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/UDiHc7AkRC-xw7hhfOqFhQ Mandatos Espírito Santo 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/LWDH-gMvTGevvO_dX_WzLQ Mandatos Ramos-Alagoas]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/fQMgPhp0Qr-X9wbhPIR-hA Mandatos Goiás 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/TzeOhkG5Qt-ie-mOnMB1Rw Mandatos Ramos-Amapá]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/hGSOippFQN2KGiuaDqq-cg Mandatos Maranhão 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/VqgqyGPYRLaHbqckYTYXHQ Mandatos Ramos-Amazonas]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/lgg069xPQR2-r8_WO0jt8Q Mandatos Mato Grosso do Sul 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/dIXeqDihRlG8nc1pYbwWdA Mandatos Ramos-Bahia]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/IT2W6mN3RrmQ9lw9ddHweQ Mandatos Mato Grosso 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/T2CI9KWJQ1uVSSgrwsUMeA Mandatos Ramos-Ceará]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/RPY7ez_MT_aNcHsyh2bm4w Mandatos Minas Gerais 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/SUY8rmYdRsWRb2oz7KKyJw Mandatos Ramos DF]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/WlEF4oFQQv2JRbaig3cU6A Mandatos Pará 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/XnLU_PouSheCmOYcNvMmfQ Mandatos Espírito Santo]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/IgfYgGb7Sze6Fm2lmnviNw Mandatos Paraíba 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/S8mr1RbhT9-NrtkdY1ZlDw Mandatos Ramos Goiás]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/sLEBRMKtQ_ykXwPr_nZZIw Mandatos Paraná 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Y3-n54M6TsKVKs8CzberGA Mandatos Ramos Maranhão]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/sLEBRMKtQ_ykXwPr_nZZIw Mandatos Pernambuco 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/NmZlc8QRSmKBXNTT0rKlKg Mandatos Ramos Mato Grosso]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/6-SbuXf4QHafqs8S-edHNA Mandatos Piauí 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/2ovVmHPfQo2QlG2pX-jBeQ Mandatos Ramos Mato Grosso do Sul]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/vrv5wB-JTBaUlSQhUgo85Q Mandatos Rio de Janeiro 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/bRXUdXilQ0aiyT-Xl7dxhg Mandatos Ramos-Pará]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/ng6y1krcTnewJMN_EPtVrw Mandatos Rio Grande do Norte]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Wgp6XPvDRbSdrxn4GFIUSw Mandatos Ramos Paraíba]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/p444i6kDSEuJS-axPhIgTA Mandatos Rio Grande do Sul]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/IBmJnvDhQk-guHsLeBT48g Mandatos Ramos Paraná]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/MdBs1dT2RuydMr_qW0cKjw Mandatos Rondônia 2018]
  
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/CtBFebC7SSigR3qt6xEXig Mandatos Ramos Pernambuco]
+
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Qo9H5FLaQVuczxprkyLShA Mandatos Roraima 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/h9O-DMN9Qmebjh8Ee4kF6Q Mandatos Santa Catarina 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/KyDzhcHhSke7Gmt07W-jNQ Mandatos São Paulo]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/h9O-DMN9Qmebjh8Ee4kF6Q Mandatos Sergipe 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/DQRZDnbmR0iTufMpdSPDfw Mandatos Tocantins 2018]
 +
 
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/08uekHNWSTGbG0qLkNdUaA Capacitação de Coordenador Diocesano, Núcleo, Estado e Assessores]
  
 
=== Demostrativo contábil e financeiro ===
 
=== Demostrativo contábil e financeiro ===
  
 
=== Apresentações utilizadas na Assembleia Geral ===
 
=== Apresentações utilizadas na Assembleia Geral ===
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/Nc387ZyAQgCdStfOPY92Hw Novo Método de capacitação]
 +
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/10AuEtFpT_qQlVRXj-O03g Ramos com mandatos vencidos 2ºtrim/2018]
 +
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/dA7kJ5CQQ-6VWvkvV9ILCA Principais Indicadores - Técnicos]
 +
 +
[https://doc.pastoraldacrianca.org.br/share/s/XSqgd_gTQIKdV8wGGr4A-Q Projeto Expansão]

Edição atual tal como às 15h16min de 30 de novembro de 2018

Apresentação

A Pastoral da Criança, Organismo de Ação Social da CNBB, foi fundada em 1983 e alicerça sua atuação na organização da comunidade e na capacitação de líderes voluntários que ali vivem e assumem a tarefa de orientar e acompanhar as famílias vizinhas em ações básicas de saúde, educação, nutrição e cidadania tendo como objetivo o "desenvolvimento integral das crianças, promovendo, em função delas, também suas famílias e comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político" (Artigo 2º do Estatuto).

A Pastoral da Criança trabalha junto às famílias pobres e extremamente pobres, por meio da atuação voluntária de líderes comunitários capacitados e de um conjunto de práticas educativas simples, baratas e facilmente replicáveis, focadas na capacitação referente aos cuidados com a gestante e com a criança. No Brasil, atualmente, há mais de 164 mil voluntários atuando em todos os estados brasileiros, sendo que 89 mil são líderes. O fruto deste trabalho é o acompanhamento de mais de 956 mil crianças de zero a seis anos e 55 mil gestantes, em mais de 30 mil comunidades, de 3.550 municípios. Essa metodologia está presente também em outros 10 países - México, Guiné Bissau, Haiti, Perú, Filipinas, Moçambique, Bolívia, Rep. Dominicana, Guatemala e Venezuela.

Em 2014, foi fundado o Museu da Vida, uma iniciativa da Pastoral da Criança para oferecer gratuitamente um espaço cultural, interativo, de encontros e de produção de saberes. Com ambientes de aprendizagem e acervo relacionados à promoção da saúde, à nutrição, à educação e à cidadania, ele retrata também a história dos mais de 30 anos da Pastoral da Criança e de sua fundadora. Localizado junto à sede da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança, em Curitiba, as exposições contêm elementos interativos que oferecem oportunidades variadas para as crianças e suas famílias brincarem durante a visita.

Entre os muitos pontos fortes da Pastoral da Criança, está a credibilidade conquistada ao longo dos anos, tanto em relação à sociedade como um todo, quanto aos parceiros que contribuem com a missão de levar vida plena para todas as crianças. Parte disso tem a ver com o acompanhamento dos resultados conquistados nas comunidades e com a transparência na prestação de contas. Para isso, e no cumprimento das prescrições legais e estatutárias, anualmente, as demonstrações contábeis são submetidas à auditoria independente e publicadas em material de grande circulação nacional e na internet.

Por isso, neste relatório, são apresentados resultados, ações desenvolvidas, indicadores e demonstrações financeiras. Além de ser um material importante para os parceiros, também auxilia as coordenações nas tomadas de decisões e implementação de melhorias.

Em tempo, reforçamos que, para a Pastoral da Criança, a união de saberes e a multiplicação de conhecimentos é o caminho para levar vida plena a todas as crianças do mundo. Por isso, gostaríamos de aproveitar esse espaço para demonstrar nossa gratidão à todos aqueles que participaram dessa missão e o convite para continuarem firmes na missão.

Missão da Pastoral da Criança

“Para que todas as crianças tenham vida em abundância” (Cf. Jo 10, 10).

A missão da Pastoral da Criança é promover o desenvolvimento das crianças, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, do ventre materno aos seis anos, por meio de orientações básicas de saúde, nutrição, educação e cidadania, fundamentadas na mística cristã que une fé e vida, contribuindo para que suas famílias e comunidades realizem sua própria transformação (Artigo 2 - Estatuto da Pastoral da Criança).

A missão, a visão, os valores e crenças e elementos de sucesso estão disponíveis na Wiki da Pastoral da Criança.

Administração

Situação dos principais indicadores

Esta avaliação tem o objetivo de identificar os estados e os setores do país nos quais os indicadores da Pastoral da Criança, construídos com base nas Folhas de Acompanhamento Mensal das Ações Básicas de Saúde e Educação na Comunidade (FABS), apresentam índices com variações significativas, geradas por razões que não ocorrem por mero acaso.

Após a reflexão promovida por esse estudo, é responsabilidade das coordenações da Pastoral da Criança promover a educação das famílias para a prevenção das doenças e promoção do desenvolvimento infantil. Para isso, são desenvolvidas ações de articulação interna e com os Conselhos de Políticas Públicas, para ajudar a garantir os direitos fundamentais e o bom funcionamento dos serviços públicos.

O sistema de informação da Pastoral da Criança, por meio de relatórios trimestrais, alerta os setores e ramos sobre a situação dos indicadores que estão analisados neste relatório. São enviadas mensagens educativas que parabenizam e incentivam os resultados positivos alcançados, e faz alertas em relação ao indicador ou tema que requer mais atenção por parte das respectivas coordenações e dos respectivos Conselhos.

A seguir, é apresentada a situação dos principais indicadores da Pastoral da Criança, em nível nacional, por estados e em relação aos setores. A apresentação foi dividida em 5 blocos – Gestantes, Crianças, Líderes, Comunidades e Índice de Mortalidade Infantil.

Gestante

Criança

Líderes

Comunidade

Mortalidade Infantil

Ações básicas

Indicadores Guia do Líder

Indicadores Acompanhamento Nutricional

Ações complementares

Indicadores Brinquedos e Brincadeiras

Indicadores Alimentação e Hortas Caseiras

Indicadores Articuladores de Saúde

Ações opcionais

Indicadores de Hanseníase

Outras Ações de apoio

Oficina de Formação Contínua Integrada

Projeto Expansão

Museu da Vida 2018

Núcleo de Comunicação

Comunicação da Pastoral da Criança

O Departamento de Comunicação da Coordenação Nacional tem, por objetivo, contribuir para que a Pastoral da Criança continue a ser referência para a família no cuidado com a criança. A cada semana, a equipe contribui para a divulgação de um tema relacionado às crianças, gestantes e famílias – assunto que é discutido com os profissionais do departamento técnico e de suporte à gestão, e trabalhado nos diversos meios de comunicação da instituição.

As atribuições da equipe incluem: produção da Revista Pastoral da Criança e do programa de rádio Viva a Vida, site e mídias sociais, informativo semanal, assessoria de imprensa, desenvolvimento de materiais gráficos e contribuições para o Aplicativo Visita Domiciliar, baseado no Caderno do Líder.

A comunicação também colabora na elaboração de materiais educativos que são usados pelos líderes nas comunidades, na atualização e no desenvolvimento de campanhas, bem como na produção de materiais para o relacionamento com parceiros.

Revista Pastoral da Criança

A Revista Pastoral da Criança tem o objetivo de contribuir com a formação contínua individual e coletiva dos líderes da Pastoral da Criança, sendo uma referência de informação de qualidade e aprofundada, inclusive cientificamente. Trata de temas relacionados às gestantes, crianças e famílias, bem como das comunidades acompanhadas. É um material trimestral, com 32 páginas em cada edição e uma tiragem de 130 mil exemplares.

Até outubro de 2018, já tinham sido publicadas treze edições mais a edição especial sobre o Desenvolvimento Infantil, e a décima quarta estava em produção. Todas as edições da revista podem ser acessadas pelo site da Pastoral da Criança, nas versões em pdf e algumas em epub (transformação de um conteúdo informativo para formato digital, para ser lido no computador, celular ou tablet). Basta acessar o seguinte link: www.pastoraldacrianca.org.br/revista-pastoral-da-crianca

Desde o lançamento da primeira edição, foram recebidos comentários positivos por parte dos voluntários, e também sugestões. Pelo endereço de e-mail da revista, quase todos os dias chegam fotos e informações das comunidades. Todo este material é publicado no Espaço das Comunidades na internet (ec.pastoraldacrianca.org.br) e depois selecionado para a publicação impressa.

Programa de rádio “Viva a Vida”

Com duração de 15 minutos, o programa “Viva a Vida”, a cada semana, aborda um tema relacionado às crianças, gestantes e famílias – a partir de uma entrevista com um profissional da coordenação nacional ou um especialista convidado. Também inclui depoimentos e dramatizações que auxiliam na propagação de conhecimento e exemplos.

O “Viva a Vida” é produzido pela Pastoral da Criança e pode ser reproduzido em qualquer rádio. Sua distribuição é feita a partir do cadastro de rádios parceiras, com a intenção de chegar à população de todos os Estados. Também está disponível para quem quiser ouvir através do site: www.pastoraldacrianca.org.br/radio.

Mensalmente, durante as capacitações de novos coordenadores e padres assessores, realizadas na sede da Coordenação Nacional, o Departamento de Comunicação também possui um horário para falar de suas atividades, entre elas o cadastro de rádios para divulgação do Viva a Vida - atividade que pode contar com a ajuda dos voluntários.

De setembro de 2017 até outubro de 2018, teve continuidade o contato com as rádios para realização do recadastramento, principalmente por meio de ligações via Skype. Também foram feitas mais pesquisas com o intuito de buscar novas rádios para incluir na lista de parcerias. Neste período, cerca de 800 rádios tiveram suas fichas atualizadas e mais de 87 foram cadastradas pela primeira vez. Atualmente, pelo Sistema de Informação da Pastoral da Criança, há 1.411 rádios ativas.

Emissoras que transmitem o programa:

Emissoras que transmitem o programa
Tipos de rádios Rádio Comercial 449
Rádio Comunitária 829
Alto Falante 84
Sistema de Som 1
Rádio Web 31
Rádio Educativa 17
Total 1.411
Downloads do programa pelo site: https://www.pastoraldacrianca.org.br/radio

*Além destas rádios cadastradas no Sistema de Informação, há aquelas que entram em “pool” de transmissão com as redes nacionais e outras que fazem o download dos programas e demais materiais sonoros diretamente do site da Pastoral da Criança. No último ano, a aquisição de um novo componente para o site permitiu que se iniciasse a contagem desses downloads, para ajudar na avaliação dos temas mais populares.

Vale lembrar que as emissoras católicas ligadas a redes integradas de transmissão representam um grande apoio na distribuição do Viva a Vida, potencializando a divulgação. Um exemplo é a Evangelizar é Preciso, que disponibiliza o conteúdo do programa Viva a Vida para todas as rádios que veiculam programas da sua Rede.

Site

Meio de referência para chegar a um público mais abrangente, o site da Pastoral da Criança (www.pastoraldacrianca.org.br) concentra informações institucionais, notícias, materiais para o voluntariado e os temas semanais. Fornece mais informações para dar suporte ao trabalho dos líderes e também orientações para o público em geral, que pode se beneficiar dos conteúdos relacionados às gestantes, crianças, famílias e campanhas. Além disso, registra parcerias e iniciativas apoiadas pela instituição.

No último ano, teve continuidade o trabalho realizado junto ao Google AdWords – sistema pelo qual é possível inserir anúncios e impulsionar os resultados de determinadas palavras-chave na busca do Google. Mensalmente, a Pastoral da Criança tem à disposição, gratuitamente, o valor de 10 mil dólares para utilizar estrategicamente nestas buscas patrocinadas. Esse recurso ajuda a aumentar o número de acessos de páginas selecionadas do site e trazer novos visitantes, fortalecendo a imagem da Pastoral da Criança como referência para os temas sobre gestação e primeira infância. Durante o período considerado neste relatório, os resultados foram analisados, novas palavras e expressões foram incluídas e outras foram substituídas. A partir de outubro de 2018, a Agência Master assumiu o processo e passou a gerenciar esse projeto de forma gratuita para a Pastoral da Criança.

Mídias sociais

A utilização das mídias sociais colabora com o aumento da interação social entre os usuários e o compartilhamento de informações da Pastoral da Criança. A página do Facebook atingiu a marca de 160.721 seguidores, com um alcance diário de 30 mil nas publicações. Todo o conteúdo é desenvolvido pelo Departamento de Comunicação.

Semanalmente, o canal do Youtube é alimentado com a publicação das mensagens da coordenadora nacional, Irmã Veneranda Alencar. Quando há novos vídeos referentes a campanhas e depoimentos vindos das comunidades, esses conteúdos também ajudam a complementar o canal.

Por conta da divulgação dos canais de contato em todas as edições da revista, houve um crescimento nas mensagens enviadas pelo WhatsApp do Departamento de Comunicação, facilitando o compartilhamento de informações e materiais, de maneira mais ágil.

Facebook: www.facebook.com/pastoraldacrianca

Canal do Youtube: http://pastoraldacrianca.org.br/pt/youtube

WhatsApp: (41) 99237-8570

Assessoria de imprensa

A partir do envio frequente de sugestões de pauta e do atendimento ágil às demandas espontâneas de jornalistas que procuram a Coordenação Nacional, a assessoria de imprensa contribui para o fortalecimento da imagem da Pastoral da Criança e de sua missão, tornando cada vez mais conhecido o trabalho realizado pelos voluntários e profissionais da instituição. Considerando apenas as publicações que tiveram a colaboração do Departamento de Comunicação, no fornecimento de informações e entrevistados, chegou-se à marca de 1.067 inserções na mídia (veículos impressos, rádios, televisões e internet).

A fim de fortalecer a rede, foi realizado, no dia 07 de março de 2018, em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, um encontro com jornalistas que atuam na causa da Primeira Infância para discutir formas de parceria e atuação conjunta entre a imprensa e a Pastoral da Criança. Os jornalistas, vindos de diversos veículos nacionais, conheceram um pouco mais sobre o trabalho da Pastoral da Criança, visitaram o Museu da Vida e participaram da abertura da exposição temporária baseada na Campanha da Fraternidade de 2018 - “Nós somos todos irmãos”. Também acompanharam a mesa redonda “Fortalecendo as Famílias para Adotar Valores e Nutrir a Espiritualidade na Primeira Infância para a Prevenção da Violência Contra as Crianças”, com a participação da Arigatou International/Geneva, GNRC, Pastoral da Criança, CNBB e representantes de governos estadual e municipais da região metropolitana de Curitiba, universidades e sociedades científicas, entre outros, que aconteceu no mesmo dia.

Também com o objetivo de expandir a rede de comunicadores - e capacitar em Pastoral da Criança Comunicadores Católicos que atuam nos Regionais da CNBB, algumas Arquidioceses e Dioceses pobres do Brasil, nos dias 15 e 16 de agosto de 2018, aconteceu o Encontro de Comunicadores Católicos 2018, na sede do Museu da Vida, em Curitiba. Estavam presentes 37 comunicadores e as principais pautas do encontro foram a importância dos primeiros 1000 DIAS, o aplicativo Visita Domiciliar, as estratégias de comunicação para engajar novos líderes e as ações e desafios da Pastoral da Criança.

O ano foi de muitas pautas e divulgações na Imprensa. Além das datas comemorativas relacionadas aos temas trabalhados pela instituição, às abertura de novas exposições do Museu da Vida também passaram a ser assuntos de destaque na mídia. A inauguração da exposição “Nós somos todos irmãos”, da nova “Rua do Brincar”, “Saneamento: o básico que salva vidas” e “Pastoral da Criança em Ação”, foram sugestão de pauta.

Outros temas de destaque que contaram com o posicionamento da Pastoral da Criança na mídia foram: a visita de candidatos a Governador do Estado do Paraná e à Presidente; dados novos sobre a Mortalidade Infantil; 35 Anos da Pastoral da Criança; Saneamento Básico entre outros. Outro acontecimento importante foi o fato do aplicativo Visita Domiciliar ganhar o prêmio Dom Luciano Mendes de Almeida, na edição dos Prêmios de Comunicação da CNBB 2018.

Informativo Semanal

O Departamento de Comunicação manteve neste período de 2017 para 2018, o envio por e-mail do informativo semanal, com uma chamada para o tema trabalhado naqueles dias e outros links para notícias e conteúdos do site. Atualmente, a lista de envio já conta com cerca de 40 mil contatos (incluindo pessoas ligadas à Pastoral da Criança, parceiros e interessados que se inscreveram pelo site) - e um aumento de 25% em relação ao total de contatos do ano anterior.

Em setembro de 2018, o Tema Semanal também começou a ser enviado via notificação para todos os usuários do Aplicativo Visita Domiciliar.

Comunicação do Museu da Vida

O Núcleo de Comunicação da Pastoral da Criança também dá suporte para a divulgação do Museu da Vida. Além das sugestões de pauta enviadas à imprensa e notícias publicadas no site, também são elaborados os conteúdos do “Vamos brincar no Museu da Vida”, atividade que acontece no último domingo de cada mês. Até outubro de 2018, a página (www.facebook.com/museudavidacuritiba) já tinha atingido 7.410 seguidores.

Outro aspecto importante é que, neste ano, o Museu continuou sendo um importante cenário para entrevistas dos especialistas da Pastoral da Criança, inclusive com a realização de um link ao vivo para a Rede Globo/RPC, de uma entrevista concedida pelo Dr. Nelson Arns Neumann, Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, sobre mortalidade infantil.

Materiais gráficos e digitais

Em parceria com profissionais de outros setores, o Departamento de Comunicação colaborou para o aprimoramento do App Visita Domiciliar. Para tornar a visita domiciliar ainda mais instrutiva e interativa, estão sendo desenvolvidos pequenos vídeos sobre os Indicadores de Oportunidades e Conquistas que serão disponibilizados via Aplicativo.

Para a campanha dos “Pequenos Reis Magos”, foram criados novos materiais de campanha e de comunicação - santinho, cartaz, vídeo etc; e também foi desenvolvido um novo site para melhorar a comunicação com os coordenadores, catequistas e paróquias participantes.

Esses trabalhos somaram-se às demandas rotineiras relacionadas à atualização dos materiais educativos da Pastoral da Criança e da Pastoral da Criança Internacional, como: correção e elaboração de arquivos de Dicas, banners, ilustrações, cartelas de orientações do Acompanhamento Nutricional, Calendário Anual, fichas para a campanha de doação pela conta de energia elétrica, Caderno do Líder, FABS, Laços de Amor e outros materiais de apoio à missão dos voluntários. O Museu da Vida também gera demanda de materiais gráficos (tanto impressos, quanto para internet), como cartazes, banners, folder, painel sobre parceiros etc.

Outro ponto importante deste período foi a continuidade da Revista Pastoral da Criança, a partir do projeto editorial apresentado no ano de 2015, incluindo a criação de infográficos para as reportagens especiais e outros textos, conforme as características das informações.

Formação de coordenadores

Capacitação de Coordenadores de Ramo e Área

Para assumir a sua missão na Pastoral da Criança, o Coordenador de Ramo deverá ser eleito pela Assembleia formada pelos Coordenadores de Comunidade e/ou Líderes e seu mandato terá a duração de dois anos. Este novo coordenador deverá receber a capacitação em até 60 dias após a data de sua ratificação.

As capacitações de novos Coordenadores de Ramo são planejadas pelos Coordenadores de Estado, cabendo-lhes formar e manter o número de capacitadores suficientes no tema para atender a demanda. Os Coordenadores de Estado devem também acompanhar se todos os Coordenadores de Ramos foram eleitos e capacitados dentro do tempo estipulado (60 dias após a sua ratificação).

Os Coordenadores de Setor são responsáveis pelas assembleias eletivas dos Coordenadores de Ramos, devendo planejar estas assembleias e manter os cadastros dos ramos atualizados no Sistema de Informação da Pastoral da Criança.

Ramos Brasil

Na tabela abaixo podemos observar que 18,8% dos ramos ativos a nível de Brasil, estão com mandato vencido. O estado com maior percentual neste indicador é a Paraíba, com 38,5%.

Em relação a capacitação destes ramos, temos 6.327 ativos, destes 1.046 não receberam a capacitação de Missão do Coordenador da Pastoral da Criança (P118), ou seja, 16,5%. Ressaltamos que um Coordenador de Ramo capacitado com antecedência terá mais segurança e possibilidade de corresponder aos resultados esperados no desenvolvimento de sua missão.

Capacitação de Ramos e Áreas

Mandatos Acre 2018

Mandatos Alagoas 2018

Mandatos Amapá 2018

Mandatos Amazonas 2018

Mandatos Bahia 2018

Mandatos Ceará 2018

Mandatos Distrito Federal 2018

Mandatos Espírito Santo 2018

Mandatos Goiás 2018

Mandatos Maranhão 2018

Mandatos Mato Grosso do Sul 2018

Mandatos Mato Grosso 2018

Mandatos Minas Gerais 2018

Mandatos Pará 2018

Mandatos Paraíba 2018

Mandatos Paraná 2018

Mandatos Pernambuco 2018

Mandatos Piauí 2018

Mandatos Rio de Janeiro 2018

Mandatos Rio Grande do Norte

Mandatos Rio Grande do Sul

Mandatos Rondônia 2018

Mandatos Roraima 2018

Mandatos Santa Catarina 2018

Mandatos São Paulo

Mandatos Sergipe 2018

Mandatos Tocantins 2018

Capacitação de Coordenador Diocesano, Núcleo, Estado e Assessores

Demostrativo contábil e financeiro

Apresentações utilizadas na Assembleia Geral

Novo Método de capacitação

Ramos com mandatos vencidos 2ºtrim/2018

Principais Indicadores - Técnicos

Projeto Expansão