Projeto Expansão 2018

De wiki2
Revisão de 10h25min de 16 de maio de 2018 por Jmarluy (Discussão | contribs) (Resultados de acompanhamento de crianças nos municípios em expansão nos Estados do Maranhão e Pará)

Ir para: navegação, pesquisa

Apresentação

O Projeto de Expansão, teve início com base nos dados do 4° trimestre de 2012, quando a Pastoral da Criança acompanhava em torno de um milhão e duzentas mil crianças, mas que correspondia apenas 13% de todas as crianças pobres no Brasil e de acordo com o Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no Brasil 9.322.433 crianças de 0 a 6 anos pobres.

Diante desta informação, a partir do 1º trimestre de 2013, percebeu-se a necessidade de expandir a Pastoral da Criança nas paróquias e comunidades pobres das dioceses, para acompanhar mais gestantes, crianças e suas famílias. Assim, foram definidas as dioceses que teriam foco na expansão, principalmente nos estados do norte e nordeste do Brasil.

Para alguns Setores da expansão utilizou-se a estratégia de atuação com foco no acompanhamento de missionários, estes possuem um amplo conhecimento e anos de experiência e de atuação na organização. O objetivo principal é de implantar, consolidar e expandir as ações da Pastoral da Criança nas comunidades de maior pobreza, contribuindo significativamente para a redução das desigualdades e defesa dos direitos das crianças em situação de vulnerabilidade.

Os missionários acompanham os municípios previamente estabelecidos e têm o papel fundamental de formar equipes e líderes locais, que darão continuidade ao trabalho após sua a saída. Estes se dispõem a ficar um tempo "in loco" com dedicação exclusiva e recebem uma formação complementar para esta missão.

A implantação da metodologia do Projeto já passou por diversos Estados, á saber: Ceará, Piauí, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia. E atualmente os Estados que se mantém no Projeto são: Maranhão, Pará, Pernambuco, São Paulo e o Distrito Federal.

Resultados de acompanhamento de crianças nos municípios em expansão nos Estados do Maranhão e Pará

Dos municípios contemplados pelo Projeto, seis deles merecem destaque: Cidelândia, São Francisco do Brejão, Vila Nova dos Martírios, Eldorado dos Carajás, Igarapé do Meio e Vitória do Mearim, uma vez que antes da iniciativa não contavam com a Pastoral da Criança e no 4º trimestre de 2016, somam 811 crianças acompanhadas mensalmente. Para este projeto contamos com o apoio da Fundação Vale.

Ressaltamos alguns municípios que tiveram maior crescimento no acompanhamento de crianças, comparando o início do projeto com o 4º trimestre 2017: Parauapebas (PA), Santa Inês (MA), Itinga do Maranhão (MA), Miranda do Norte (MA), Marabá, e Parauapebas (PA).

Número de crianças por município.

Nome do setor Nome do município Estado Início do Projeto

1º tri 2013

4º tri 2016 4º tri 2017 Prévia

1º tri 2018

Coroatá Anajatuba MA 0 0 0 0
Arari 84 191 145 121
Itapecuru Mirim 324 318 379 383
Miranda do Norte 64 139 116 99
TOTAL 472 647 640 603
Imperatriz Açailândia MA 616 716 531 450
Cidelândia 0 97 71 71
Imperatriz 254 520 336 277
Itinga do Maranhão 85 181 167 151
São Francisco do Brejão 0 57 69 0
São Pedro da Água Branca 189 213 58 136
Vila Nova dos Martírios 0 127 104 94
TOTAL 1.144 1.911 1.336 1.178
Marabá Canaã dos Carajás PA 197 235 251 184
Curionópolis 191 190 230 235
Eldorado dos Carajás 0 220 232 227
Marabá 660 915 874 744
Parauapebas 237 701 777 691
TOTAL 1.285 2.261 2.365 2.082
São Luís do Maranhão Bacabeira MA 18 0 27 0
São Luís 1.731 1.929 1989 1.428
TOTAL 1.749 1.929 2.016 1.428
Viana Igarapé do Meio MA 0 146 55 0
Monção 244 186 145 168
Pindaré-Mirim 177 222 147 189
Santa Inês 189 468 378 128
Tufilândia 108 0 0 0
Vitória do Mearim 0 164 151 129
TOTAL 718 1.185 876 1.480
Zé Doca Bom Jardim MA 85 74 116 109
TOTAL 85 74 116 109
TOTAL GERAL 5.452 8.008 7.349 6.015

Fonte: Sistema de Informação da Pastoral da Criança. Relatório Extrato de Indicadores, Abrangência por níveis Coordenação Nacional, Comparação entre os trimestres 4/2016 e 4/2017, Folha de Acompanhamento Digitada até 15/05/2018 às 15:54 horas. Disponível em -- http://www.pastoraldacrianca.org.br – [2018 mai 18]

Resultados do acompanhamento de crianças nos municípios em expansão nas Dioceses de Jundiaí, Brasília e Recife

‎ A tabela abaixo apresenta a evolução dos setores em expansão comparando o início do projeto no 3º trimestre de 2013 ao 4º trimestre 2016. A variação em número absoluto demonstra que os setores que se destacaram pelo crescimento no acompanhamento de crianças são: Itabira/Coronel Fabriciano (MG) com 930 crianças, Colatina (ES) com 578 crianças e Belo Horizonte Conceição/Guia (MG) com 416 crianças.

Os municípios com maior crescimento no acompanhamento desde o início do projeto foram: Serra (ES) com 783 crianças, Santa Luzia com 416 crianças, Itabira com 329 crianças, Colatina com 323 crianças, Baixo Guandu com 283 crianças, João Monlevade com 249 crianças e Barão de Cocais com 162 crianças.

Número de crianças por município

Nome do Setor Nome do município Estado Início do Projeto

4º tri 2017

4º tri 2016 2º tri 2017 4º tri 2015
Arquidiocese

de Recife

Olinda e Recife -

Reg. Episcopal Rural

PE
Olinda e Recife-Reg.

Episc. Recife Norte

Olinda e Recife-Reg.

Episcopal Olinda

Olinda e Recife-Reg.

Episcopal Recife

TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL GERAL
Fonte: Sistema de Informação da Pastoral da Criança. Relatório Extrato de Indicadores, Abrangência por níveis Coordenação Nacional, Comparação entre os trimestres 4/2016 e 4/2015, Folha de Acompanhamento Digitada até 14/06/2017 às 15:07 horas. Disponível em -- http://www.pastoraldacrianca.org.br – [ 2017 jun 14 ] Variação de Acompanhamento de crianças no 4º trimestre dos anos de 2015 e 2016
Acompanhamento metas MG e ES
Mapa da variação projeto MG e ES

Os Setores que apresentaram maior variação no acompanhamento de crianças foram os Setores de Belo Horizonte Conceição/Guia com 14,45% e Governador Valadares 7,29%.

Resultados de acompanhamento de crianças nos municípios em expansão

O Setor de Grajaú (MA) entrou no Projeto de Expansão com dados do 4º trimestre de 2014. Desde o início, os municípios de Itaipava do Grajaú e Formosa da Serra Negra estão no expansão. Os municípios de Dom Pedro, Formosa da Serra Negra, Tuntum, Fernando Falcão e Grajaú (Ramo São Francisco de Assis) entraram no expansão com dados do 2º trimestre de 2016.

Na comparação do 4º trimestre dos anos de 2015 e 2016, no Setor de Grajaú houve uma queda de 1.963 crianças acompanhadas. O município de Fernando Falcão se destacou com um aumento de 106 crianças acompanhadas.

Número de crianças por município

Nome do setor Nome do município Estado Início do Projeto 4º tri 2015 4º tri 2016 2º tri 2017
Grajaú Itaipava do Grajaú MA 503 553 378 257
Dom Pedro 332 704 602 127
Formosa da Serra Negra 360 357 146 9
Tuntum 587 578 548 537
Fernando Falcão 878 806 912 0
Sítio Novo 496 1.111 377 323
Grajaú – Ramo 6494 São Francisco de Assis 876 967 141 141
TOTAL 4.031 5.077 3.103 1.394
Fonte: Sistema de Informação da Pastoral da Criança. Relatório Extrato de Indicadores, Abrangência por níveis Coordenação Nacional, Comparação entre os trimestres 4/2016 e 4/2015, Folha de Acompanhamento Digitada até 14/06/2017 às 13:54 horas. Disponível em -- http://www.pastoraldacrianca.org.br – [ 2017 jun 14 ]

Variação de Acompanhamento de crianças no 4º trimestre dos anos de 2015 e 2016

Mapa da Variação Grajaú

O município de Fernando Falcão (CE) cresceu 13,20% no acompanhamento de crianças. Os demais municípios apresentaram queda, sendo que Sítio Novo teve perda de 66,04% no acompanhamento de crianças.

Os Setores de Bom Jesus do Gurgueia (PI) e Iguatu (CE) deixaram de participar do Projeto Expansão no início do ano de 2017.